quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Todos somos ...



Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva bóias. E se ela se afogar, se recupera. Estranho e que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é? 

Um comentário:

  1. não existe uma igual sempre fazemos algo de visões diferentes.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo !
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu.

Espero que tenha gostado do blog e volte sempre.